25 março 2010

E agora Dr. Costa?

Facto: O Conselho de Justiça da Federação reduziu os castigos impostos pelo justiceiro da Liga de Clubes a Hulk e Sapunaru. Ao primeiro, 3 jogos; ao segundo, 4; Facto: Em Fevereiro, Ricardo Costa comunicara que os castigos eram de 4 e 6 meses; Facto: Mas Hulk, por exemplo, já leva 14 jogos a mais de castigo. Facto: Pragal Colaço, advogado ligado à SAD do Benfica, diz que o acórdão dá as agressões como provadas e tem razão. Mas é habilidoso e esquece que também um homicídio pode ser graduado de forma diversa, por exemplo. Pergunta: A SAD do Porto pede uma indemnização e faz bem, mas, tal como noutras circunstâncias da vida, a merecer provimento repara o mal entretanto feito ?

10 comentários:

Francisco Clamote disse...

Não dá para entender, ou antes, até dá, visto que "justiça" rima com "injustiça". O FCPorto, neste caso, tem razão de queixa, não há dúvida.

Eduardo Miguel Pereira disse...

Aliás, eu quando a vi as imagens que todo o País viu das câmaras instaladas no túnel do Estádio da Luz, disse logo :

- Isto è montagem e da boa ! vê-se que tem o dedo do George Lucas !

Compadre Alentejano disse...

Mas o FCP, com tantas aquisições que fez no início da época, estava dependente do Hulk e do Sapunaru? Não tinha outros jogadores para aquelas posições?
Compadre Alentejano

António de Almeida disse...

Os principais lesados são os jogadores, nomeadamente Hulk, que castigado, sem jogar, não foi convocado para jogos de preparação da selecção brasileira, onde era candidato a integrar uma vaga no lote dos convocados para o Mundial 2010. O F.C.Porto poderia eventualmente estar com menor diferença pontual, talvez até a lugar pelo 2º lugar com acesso à champions. Obviamente os jogadores foram culpados, atitude que ficou provada, a questão aqui é a desproporcionalidade da pena.

Ferreira-Pinto disse...

A Justiça, Francisco Clamote, tem vários patamares, graus e ângulo de visão!

Ferreira-Pinto disse...

Bem, Eduardo, também houve por aí quem dissesse que as mesmas câmaras tinham sido convenientemente ... mudadas de ângulo!

Mas nem é isso que é relevante.
Para começar, e para que fique esclarecido, considero que o Porto com ou sem Hulk e Sapunaru faria a mesma época miserável.
E também sei que o CJ da FPF dá como provado que bateram num "steward", um segurança privado que estava num local que eu pensava só ser para uso exclusivo de jogadores, árbitros, treinadores e dirigentes.

Querer reduzir as coisas ao teu comentário não é má fé porque não acredito que queiras agora dizer que em face da divergência de interpretação quanto a uma lei, as punições foram o que foram.
E é disso que eu falo.

Haverás que convir que uma coisa é levar com uma suspensão à espera do castigo e depois apanhar 3 meses e outra bem diferente 3 jogos!

É a mesma coisa que meter um tipo na prisão 20 anos ou 2 anos. Dir-me-ás que uma prisão é uma prisão e que se lá foi parar é porque foi culpado. É verdade, mas a diferença na moldura penal resulta de factos e de circunstâncias concretas.

E o Dr. Ricardo Costa, queiras ou não, tem sido recorrente em decisões justicialistas que depois são viradas de pernas para o ar!
A verdade é essa.
A não ser que agora as decisões da justiça passem a ser boas ou mãos consoante sejam favoráveis ou desfavoráveis às nossas teses!

Ferreira-Pinto disse...

Tinha Compadre Alentejano, tinha, mas não é isso que está em causa!

Ferreira-Pinto disse...

Precisamente António de Almeida a questão aqui é a desproporcionalidade da pena!

Daniel Santos disse...

deve agora a liga pelo menos pagar os salários pagos pelo Porto ao jogador e que não pode utilizar.

Ferreira-Pinto disse...

Uma solução aparentemente justa, Daniel, sim senhor.