31 março 2010

Finalmente livre! Em parte...

Eu sei que tenho alguns hábitos estranhos. Quando eu torcia pelo Michael Schumacher, na Ferrari, e não pelo Rubinho Barrichelo, muitos me olhavam com expressão de espanto. Quando eu digo que não ligo a mínima importância a futebol ou novelas, sei que a maioria das pessoas que me ouve, por aqui, pensa que talvez eu devesse estar internado. Mas quando eu digo que não assisto nem mesmo os jogos da Seleção Brasileira, aí as pessoas passam a ter certeza de que eu deveria estar internado.
Mas hoje, pelo menos em um aspecto eu vou deixar de ser visto como alienígena. É porque ontem foi o último dia do (i)reality show "Big Brother Brasil". Que eu simplesmente não assisti, como não tenho assistido desde 2003, e nos dois anos anteriores vi apenas um ou outro programa, até me convencer de que era perda de tempo.
Para que se tenha uma ideia, constou dos noticiários por aqui que a emissora foi obrigada, sob pena de multa, a corrigir as "informações" de um dos participantes sobre a transmissão da SIDA/AIDS.
Isto é um show de realidade? Se for, eu prefiro o "mundo de fantasia", onde trabalho, pago impostos, questiono e vivo.


6 comentários:

PQ disse...

Já somos dois. Do futebol só conheço os nomes dos que se envolvem no folclore nacional e quanto a novelas, nem as literárias, quanto mais as enlatadas. Também eu devo ser marciano.

Pensador disse...

Ótimo saber que não sou o único perdido neste planeta, PQ. Agora nos resta saber se, depois desta confissão, o chefe nos deixa continuar a escrever por este espaço...

Rui Figueiredo Vieira disse...

O que há mais hoje em dia são marcianos...Para dizer a verdade muitas vezes parece mal é ser "Terráqueo"!!!

Celina disse...

Se isso é ser marciano, eu sou E.T. e nem sabia ;D É que já não há paciência! Muito menos para o Big Brother! Tento passar o máximo ao lado que é possível desse tipo de programa; estragam-me a beleza... MENTAL, entenda-se ;D

Ferreira-Pinto disse...

Ora bem, o Chefe (?!) acha que vocês querem é ser despedidos, mas estão enganados ... o castigo é continuar a escrever por aqui e mais nada!

Quanto ao resto, então também confesso ser um saturniano radicado no planeta Terra e que adoptou apenas alguns hábitos terráqueos!
Por exemplo, não tenho o problema do amigo Pensador na fórmula 1 ... torço pela Ferrari e acabou. Claro que há um ou outro piloto de que gosto mais, mas para mim é a equipa e "finito"!
Não desdenho do futbeol, mas há quase três anos acabei com o canal por cabo a pagar chamado SportTv, já que tenho mais onde gastar o meu dinheiro.

Pela televisão gosto de navegar entre canais noticiosos, de documentários e do LOST!

Pensador disse...

Bem, o fato de sermos extraterrestres E ferraristas é algo bastante confortador.
Para mim também é torcer pela Ferrari e pronto. O único período da minha vida em que dividi esta torcida foi quando o Ayrton Senna corria. O que as pessoas aqui não entendiam era eu criticar o Barrichelo mesmo ele estando na Ferrari. Bem, para mim, ele é, foi e sempre será um bom SEGUNDO PILOTO.
Também gosto de programas noticiosos, desde que não sejam do tipo "mundo-cão". E programas inteligentes. Quanto às séries, prefiro House M.D. e Heroes.