26 abril 2010

Baixas

Vai um homem fazer p’la vida, aprender mais alguma coisita, queimar pestanas e quando regressa verifica duas baixas no blog… e logo duas ….não pode ser. Espero que estejam a receber subsidio, a ser tratados pelos melhores físicos e que disponham das mais modernas técnicas de reabilitação (quando me refiro a técnicas é técnicas mesmo e não aquelas miúdas que dão massagens de relax), para que se restabeleçam rapidamente. Por mim vou retomar a laboração aqui no blog, assim haja tema (do modo como estão as coisas, tema não faltará com certeza).

7 comentários:

Fernando Teixeira disse...

Caro amigo, é a vida! A frase que se diz muitas vezes. Realmente a vida está dificil. Hoje os empregos estão em risco, as famílias hoje já tomam algumas preocupações em descansar, dormir para que no outro dia estjam em forma. Hoje já se começa a fazer um orçamento de gastos que vai ter para o próximo mês, antes falar disso era aborrecido. Diziamos cá para os nossos botões; há isso não me toca, eu tenho emprego garantido!... Pergunto, Será?
Exemplo: Trabalhei unuma comp Seguros e ela quase foi à falência. O que valeu foi nos anos 1999 a 2001. Na altura estava como ministros das finanças Dr. Sousa Franco, como secretário o Dr. Teixeira Santos. Se não fossem estes senhores obrigarem o (por assim dizer), Inst. Seguros Portugal, assumir as suas responsabilidade, (a mesma coisa que se pediu ao G.B.P) e deu no que deu, os funcionário se fosse hoje, estamos todos no desemprego ou desempregados. Isto quero dizer que todos amigos, devem neste momento ter alguns cuidados, e precaução. O emprego hoje, está em risco para todos.
Portanto, não me admira que a afluencia por aqui neste blogue, tivesse baixado. São os tempos.
Tenhamos coragem e é preciso acreditar.
FORÇA RAPAZES.

Celina disse...

6ª feira fizemos um inquérito na escola sobre a situação actual que vivemos na escola e que acabava com uma pergunta sobre como nos vemos profissionalmente daqui a 30 anos. Eu estive para escrever "Desempregada", mas depois achei que não era nada meu contribuir para o negativismo das estatísticas portuguesas por isso respondi "Doutorada em Psicologia" xD Não quero imaginar sequer ter que abandonar estes meus viciozinhos saudáveis para me concentrar no trabalho puro e duro. Não sei se esta perspectiva tão positiva do meu futuro é boa ou má, mas enquanto me der força para manusear tudo isto, venha ela! :D

PQ disse...

As coisas estão a complicar-se cada vez mais como diz o amigo F. Teixeira mas Celina é que vê o mundo com os olhos no futuro. De resto, com mais ou menos optimismo,a verdade é que o futuro será aquilo que fizermos no presente.

O Guardião disse...

O presente é negro e sem mudanças não vamos lá. Um povo não pode dizer que vive quando a sua maior preocupação é a de tentar sobreviver.
Começa a ficar tarde!
Cumps

Eduardo Miguel Pereira disse...

O amigo Teixeira tocou na ferida. Isto anda mau, e nos empregos há que não dar motivos para o pau descer sobre os costados.
Para além disso, confesso que a minha saída deste Blogue se deve também ao facto de não conseguir arranjar tempo e disposição para escrever em tanto sítio ao mesmo tempo.
Mas vocês continuem o bom trabalho. Eu cá virei mandar uns "bitaites" sempre que possa.

Forte abaraço.

Sonia disse...

Olá, vi seu comentário, respeito mas devo dizer-lhe que esse texto não é idéia minha. Porém, como aceitei meu filho como colaborador, ele usou meu espacço para expor as idéias e pesquisas.

abraços

Fenix disse...

Mas afinal foram 2 baixas, ou foi uma debandada geral!! :)