26 março 2010

Isto é que é sorte!

Cá o Ferreira-Pinto hoje levantou-se às quatro da madrugada para levar as minhas filhas à escola para saírem rumo a Lisboa numa visita de estudo ao Parlamento. Graças a Deus que é a sexta-feira, dia de eleições no PSD e véspera de fim-de-semana. Há-de aquilo estar sossegado e elas não verão triste espectáculo.
Já que estava a pé apresentei-me ao serviço às sete da manhã e lá pelas onze vou ao 1º Juízo Cível cá da terra para inquirição como testemunha, se chegar a haver audiência de julgamento duma providência cautelar apresentada em Agosto do ano passado! Tudo por causa dum senhor que em 2001 cedeu uns terrenos à autarquia, declarou ao Fisco que os doou ao domínio público e agora diz que é tudo mentira. Havia de lhe nascer um cacto no cu, digo eu!
Depois disso terei de acabar de explicar que direitos legais como faltar por conta do período de férias ou adoecer não podem entrar nos objectivos da avaliação como não direitos.
Devo rematar a jorna com uma situação verdadeiramente original. Dois vizinhos. Um quis construir a menos dos 3 metros regulamentares de afastamento e abrindo janelas para o terreno do outro. Este disse sim só que agora ao querer também ele construir e abrir uma janela, vê o outro queixar-se na Câmara Municipal. Está visto que não se pode ser bom!
O conselho que darei ao prejudicado é que construa um muro entre vizinhos com 2 metros de altura.
Um dia assim é que é sorte. Pode ser de cão, mas é sorte!

22 comentários:

Rosa disse...

Por acaso, hoje é dia de votação de propostas de alteração ao Estatuto do Aluno.
Foi um dia bem escolhido.

Eduardo Miguel Pereira disse...

Isso hoje, só em horas extras vais ganhar para cima dum dinheirão :-))

Avisaste as moças para não trazerem máquinas fotográficas, certo ?
É que há para lá um camarada do PS que se abespinha muito com as objectivas.

PQ disse...

Bah, advogados... :)))

Se preferir antes uma reunião amanhã às 16 horas, eu delego. Isto embora tenha de confessar que os últimos 80 euros que gastei com um advogado resultaram numa das experiências mais rocambolescas que alguma vez vivi. Ainda hei-de contar essa história.

O que vai valendo é que não há advogados ou gestores, não há ministros ou padres, não há canalizadores ou analistas de mercado, há pessoas, por isso houve GNR's a ajudar o Cunhal a sair de Peniche e houve guardas a tornarem-se amigos de Mandela.

Ferreira-Pinto disse...

Afinal, parece que ainda têm animação Rosa.

Ferreira-Pinto disse...

Eduardo a receber não, a compensar que é melhor.
Mas, olha, azar do caraças ... ao fim duma hora no tribunal, adiado para 3 de Maio!

Ferreira-Pinto disse...

Amanhã pelas 16.00, amigo PQ, conto estar a comer um bom gelado em Espinho! :)))

Rui Figueiredo Vieira disse...

ehhh..o que foste fazer ás tuas filhas... não é por se portarem mal que lhes devias dar este castigo! Bom, seja como for, é bom que tenham uma visão sobre a realidade, por mais cruel que seja.

Fada do Bosque disse...

Ahahahah Quinn, essa está demais! mas a do cacto no cu... supera tudo!
ahahahahahha bem hajas!! :)))

António de Almeida disse...

Isso para mim seria um dia horribilis, principalmente na parte que toca a levantar às 4 da manhã, para conseguir estar de pé às 07h45 nem imagina a tormenta, o despertador tem de começar a tocar quase uma hora antes, às 04h00 seria melhor nem me ter deitado. Quanto ao resto, sem pretender comentar assuntos que desconheço, sempre digo que há cada cromo...

Pensador disse...

Eu considero um bom dia quando, mesmo cheio de problemas, as coisas parece que seguem adiante, a gente vê alguma coisa a render. Tem dias que em princípio não temos nada com que lidar, mas uma pequena coisinha nos faz arrastar e patinar o dia todo...

Renato_Seara disse...

Ferreira-Pinto, lol eu adoro essas zangas de vizinhos por um palmo de terra. Isso é o pão nosso de cada dia em S. Martinho :DD

Ferreira-Pinto disse...

Ó Rui Figueiredo as moçoilas até são bem comportadas mas, aqui entre nós, aquilo foi para lhes mostrar o que acontece se se portarem mnal! :)))

Ferreira-Pinto disse...

Ó FADA imagina tu o estafermo, ou outros que a gente cá sabe, assim com o cacto lá no sítio ... e mais não digo!

Ferreira-Pinto disse...

Caríssimo António de Almeida tive uma fase da vida em que me deitava às três, quatro da madrugada e levantava-me tipo nove; depois avancei ... comecei a deitar-me às duas e a levantar-me às dez ... tinha o privilégio de poder entrar à hora que me apetecesse na condição de sair quando fosse autorizado ... hoje, quase sempre chego às onze morto de sono mas às seis e meia estou invariavelmente acordado ... ouço dizer que é velhice :)))

Ferreira-Pinto disse...

É bem verdade Pensador e que raio de dias às vezes esses se revelam!

Ferreira-Pinto disse...

Ó Renato Seara ele é S. Martinho, ele é ao lado em S. Cosme, ele é Joane ... ele é no diabo a quatro!

Francisco Clamote disse...

Diria que é quase uma odisseia !

Daniel Santos disse...

como é bonita a vizinhança no interior do país.

Paulo Lobato disse...

Ferreira-Pinto, também a mim me parece que o muro de 2 metros é uma boa solução: grandes males grandes remédios.
(achei graça a esta tirada):))

Ferreira-Pinto disse...

Menos digna que a original, Francisco Clamote, mas mesmo assim ...

Ferreira-Pinto disse...

No interior, no litoral, em qualquer lado Daniel; é caso para pedir que nos livrem de vizinhos assim!

Ferreira-Pinto disse...

Ao caso, Paulo Lobato, é a única mais expedita!
A outra era recorrer a tribunal :(((